faleconosco
Há mais de 23 anos em busca de Pessoas desaparecidas, localização para fins judicias, localização Familiares. Perdeu o contato de alguém especial? Eu posso lhe ajudar!
saibamais

fiqueligado
Como termo policial, detetive é aquele que investiga fatos, suas circunstâncias e as pessoas neles envolvidas
saibamais

servicosDetetive Particular é o profissional responsável por detectar um fato, pilhar, investigar, desmascarar circunstâncias e pessoas nelas envolvidas.
saibamais

Detetive Particular em Mogi das Cruzes – SP

WT Detetive Particular há 23 anos em busca de Pessoas desaparecidas, localização para fins judicias, localização Familiares. Perdeu o contado de alguém especial? Eu posso lhe ajudar!

A WT = Wilson Teixeira  é uma pessoa jurídica, legalmente constituída, instalada na cidade de São Paulo – SP e atua há mais de 23 anos ininterruptos no fornecimento de equipamentos e prestação de serviços de investigação para pessoas e empresas em todo Brasil.

A WT dispõe de uma equipe de investigadores e pesquisadores profissionais voltados para os mais diversos ramos das Investigações e fornece o suporte, a estrutura e o instrumental necessário para atender às demandas de seus clientes, contribuindo para que estes promovam a adequação de suas condutas às exigências legais. Além disso, previne conflitos e minimiza os riscos na vida privada ou empresarial.

A equipe preza a prestação de serviços com ética, criatividade, dinamismo e agilidade. Analisa e considera sempre as necessidades de cada um dos clientes, primando pelo oferecimento de soluções com segurança e objetividade.

História

Antes da fundação do povoado de Mogi das Cruzes, o bandeirante Braz Cubas, no ano de 1560, havia se embrenhado pelas matas do território mogiano, às margens do Rio Anhembi, hoje Tietê, à procura de ouro.
Gaspar Vaz abriu o primeiro caminho de acesso de São Paulo a Mogi, dando início ao povoado, que foi elevado à Vila em 17 de agosto de 1611, com o nome de Vila de Sant’Anna de Mogi Mirim. A oficialização ocorreu em 1º de setembro, dia em que se comemora o aniversário da cidade.
Mogi é uma alteração de Boigy que, por sua vez, vem de M’Boigy, o que significa ‘Rio das Cobras’, denominação que os índios davam a um trecho do Tietê. Quando a Vila foi criada em 1611, devido ao costume de adotar o nome do padroeiro, passou a ser denominada ‘Sant’Anna de Mogy Mirim’.
Na língua indígena, Mirim quer dizer pequeno. Provavelmente, uma referência ao riacho Mogi Mirim. A linguagem popular tratou de acrescentar o termo ‘cruzes’ ao nome oficial da Vila. Era costume dos povoadores sinalizar com cruzes os marcos que indicavam os limites da Vila, de acordo com tese de Dom Duarte Leopoldo e Silva, confirmada pelo historiador e professor Jurandyr Ferraz de Campos.
Fonte: IBGE

Leave a Reply



Central de Cursos do Brasil