faleconosco
A profissão de DETETIVE PARTICULAR é regulamentada e foi sancionada pela Lei 13.432/17. Nesse sentido, além de atuar como investigador privado o profissional pode colaborar com a autoridade policial em casos oficiais.
saibamais

fiqueligado
Como termo policial, detetive é aquele que investiga fatos, suas circunstâncias e as pessoas neles envolvidas
saibamais

servicosDetetive Particular é o profissional responsável por detectar um fato, pilhar, investigar, desmascarar circunstâncias e pessoas nelas envolvidas.
saibamais

Conceição das Alagoas

http://www.wilsonteixeira.com.br/

História

CONCEIÇÃO DAS ALAGOAS MINAS GERAIS 
HISTÓRICO: 
Os primeiros brancos a desbravarem a região onde hoje se situa o Município de Conceição das Alagoas, foram bandeirantes em busca de ouro e pedras preciosas. Em 1811, chegou ao local João Batista Siqueira, deixando plantada a Fazenda Alagoas. Quarenta anos depois, José de Souza Lima, co-proprietário dessa fazenda, encontrou próximo a uma cachoeira do Rio Uberaba, um valioso diamante. No mesmo ano, o Padre Francisco Rocha organizava no local um núcleo de garimpeiros, recebendo a cachoeira o seu nome. Esses fatos ocorreram de boca em boca, atraindo mais gente ao sítio. Em 1958, Antônio Correia de Morais iniciou a construção de uma capela denominada “Garimpo das Alagoas”. Ao seu redor, no alto da colina, juntavam-se casas de primitiva construção, formando-se um núcleo, onde hoje se encontra a cidade. 
As notícias divulgando a existência de riquezas minerais correram céleres pelos sertões, atraindo inúmeros garimpeiros. Novas moradias iam sendo erguidas e a comunidade alcançou época gloriosa mas pouco duradoura, na vida econômica da nova população. O declínio natural da mineração deu lugar às atividades agrícolas e pecuárias, tão antigas quanto o garimpo, porém mais solidamente fundamentadas para o desenvolvimento do lugarejo. 
O topônimo é homenagem à Padroeira, Nossa Senhora da Conceição e Alagoas, alusivo ao grande número de lagoas existentes no território municipal. 
O gentílico oficial no municio é Garimpense, porém os moradores usam “Conceição Alagoano”. 
GENTÍLICO: Garimpense 

EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA: 
Distrito policial de Conceição de Alagoas, elevado à categoria de freguesia, por Lei Provincial nº 2464, de 21 de outubro de 1878, a qual lhe demarcou as respectivas divisas. A criação da freguesia ou distrito, foi confirmada por Lei Estadual nº 2 de 14 de setembro de 1891. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, e nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, no quadro fixado pela Lei Estadual nº 843, de 7 de setembro de 1923, o Distrito de Conceição de Alagoas figura no Município de Uberaba. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Distrito de Conceição das Alagoas figura igualmente no Município de Uberaba – assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936, e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-Lei Estadual nº 88, de 30 de março de 1938. Pelo Decreto-Lei Estadual nº 148, de 17 de dezembro de 1938, foi criado o Município de Conceição das Alagoas, com o distrito de Conceição de Alagoas e parte dp território do Distrito de Campo Formoso, desmembrado do Município de Uberaba. 
O citado Decreto-Lei 148, criou no Município de Conceição das Alagoas o Distrito de Dourados, desmembrado do Distrito de Campo Formoso, do mesmo Município de Uberaba. Em 1939-1943, o Município de Conceição das Alagoas é composto dos Distritos de Conceição das Alagoas e Dourados e pertence ao termo e comarca de Uberaba. Em virtude do Decreto-Lei Estadual nº 1058, de 31 de dezembro de 1943, que fixou o quadro territorial para vigorar no quinquênio 1944-1948, o Município de Conceição das Alagoas ficou composto dos Distritos de Conceição das Alagoas e Pirajuba (ex-Dourados) – e pertence ao termo e comarca de Uberaba. Permanece composto dos Distritos de Conceição das Alagoas e Pirajuba, no quadro fixado pela Lei nº 336, de 27-XII -1948 para vigorar em 1949-53. Formado dos distritos de Conceição das Alagoas e Poncianos, Menos o Distrito de Pirajuba, elevado à categoria de Município no quadro fixado pela Lei nº 1039, de 12-XII-1953 para vigorar no período 1954-58, comarca de Conceição das Alagoas. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Fonte

IBGE

Leave a Reply



Central de Cursos do Brasil