faleconosco
A profissão de DETETIVE PARTICULAR é regulamentada e foi sancionada pela Lei 13.432/17. Nesse sentido, além de atuar como investigador privado o profissional pode colaborar com a autoridade policial em casos oficiais.
saibamais

fiqueligado
Como termo policial, detetive é aquele que investiga fatos, suas circunstâncias e as pessoas neles envolvidas
saibamais

servicosDetetive Particular é o profissional responsável por detectar um fato, pilhar, investigar, desmascarar circunstâncias e pessoas nelas envolvidas.
saibamais

Monte Carmelo

http://www.wilsonteixeira.com.br/

Monte Carmelo Minas Gerais – MG Histórico Os primeiros moradores brancos da região chegaram por volta de 1840, atraídos pelos garimpos que, então, proliferavam. Segundo a tradição, vieram eles de São João del Rei, de Tamanduá, hoje Itapecerica e de outro pontos do Estado. O primitivo povoado que deu origem ao município chamou-se Arraial do Carmo da Bagagem, que, segundo o “Anuário Eclesiástico” – Diocese de Uberaba – 1937, foi elevado à vila em 1822. Conta-se que uma fazendeira, de nome Clara Chaves, doou o primeiro terreno, na extensão de uma légua, à Nossa Senhora do Carmo e, nesta área, começaram a ser erguidas as primeiras construções que deram origem ao povoado. A antiga paróquia de Nossa Senhora do Carmo da Bagagem foi desmembrada do território de Patrocínio em 1859 e anexada à freguesia de Bagagem, pela Lei nº 189 daquele ano. Em 1870, emancipou-se eclesiàsticamente da jurisdição de Bagagem, por força da Lei provincial número 1 650 , de 14-07-1870, sendo, também por esta mesma Lei criado o distrito. A elevação à categoria de município deu-se em 1882, com sede no povoado do Carmo da Bagagem, conservando esta mesma denominação após ser desmembrado do município de Bagagem. A instalação solene do município deu-se a 7 de janeiro de 1889. A Sede foi elevada à categoria de cidade em 1892. Em junho de 1900 o município teve seu nome trocado para Monte Carmelo, em homenagem às Carmelitas. Gentílico: Carmelitano Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Carmo da Bagagem, pela lei provincial nº 1650, de de 14-09-1870, e lei estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Bagagem (mais tarde Estrela do Sul). Pela lei provincial nº 1900, de 19-07-1872, e lei estadual nº 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Água Suja e anexado ao município de Carmo da Bagagem. Elevado á categoria de vila com a denominação de Carmo da Bagagem, pela lei provincial nº 2972, de 06-10-1882. desmembrado de Bagagem. Sede na povoação de Carmo da Bagagem. Constituído do distrito sede. Instado em 07-01-1889. Pela lei estadual nº 2, de 14-09-1891, forma criados os distritos de Espírito Santo do Cemitério e São Sebastião da Ponte Alta e anexados ao município de Carmo da Bagagem. Elevado à condição de cidade com a denominação de Carmo da Bagagem, pela lei estadual nº 23, de 24-05-1892. Pela lei estadual nº 286, de 25-06-1900, o município de Carmo da Bagagem tomou o nome de Monte Carmelo. Pela lei estadual nº 513, de 11-10-1909, o distrito de Espírito Santo do Cemitério passoua chamar-se Irai. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 4 distritos: Monte Carmelo (ex-Carmo da Bagagem), Água Suja, Boa, Irai (ex-Espírito Santo do Cemitério) e São Sebastião da Ponte Alta. Assim permanecendo nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-I-1920. Pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923, é criado o distrito de Doradoquara e anexado ao município de Monte Carmelo. Pela mesma lei estadual acima citado o distrito de Água Suja tomou a denominação de Nossa Senhora da Abadia da Água Suja. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Monte Carmelo, Doradoquara, Iraí, Nossa Senhora da Abadia da Água Suja e São Sebastião da Ponte Alta. Assim em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938, o distrito de Nossa Senhora da Abadia da água Suja tomou a denominação de Romaria. Pela mesma lei estadual acima citado o distrito de São Sebastião da Ponte Alta foi extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Nova Ponte. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Monte Carmelo, Doradoquara, Irai e Romaria (ex-Nossa Senhora da Abadia da Água Suja). Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, o distrito de Irai passou a denominar-se Bagagem. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município permanece constituído de 4 distritos: Monte Carmelo, Bagagem (ex-Iraí), Doradoquara e Romaria. Pela lei estadual nº 1039, de 12-12-1953, o distrito de Bagagem passou a chamar-se Irai de Minas. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído 4 distritos: Monte Carmelo, Doradoquara, Irai de Minas (ex-Bagagem) e Romaria. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Pela lei estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembra do município de Monte Carmelo os distritos de Douradoquara (ex-Doradoquara), Irai de Minas e Ramaria elevandos á categoria de município. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. Alteração toponímica municipal Carmo da Bagagem para Monte Carmelo, alterado pela lei estadual nº 286, de 25-06-1900. Fonte: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros – Volume XXVI ano 1959

Leave a Reply



Central de Cursos do Brasil